Quer emagrecer

emagrecerQuando nos ressentimos, ou magoamos com alguém, significa que demos atenção demais aquilo que nos foi feito ou dito. Mas será que a intenção da pessoa foi realmente nos magoar? Cada individuo tem enraizado em si valores e leis morais que julga completamente corretos, e que quando contrariados ou questionados, o fazem sentir raiva, culpa, ansiedade, medo e etc.
Por sermos únicos, cada pessoa sente o mesmo problema com intensidade diferente, que pode variar de acordo com os nossos registros internos. Para que esses registros sejam modificados, é necessário que busquemos o autoconhecimento e mudemos nossos pensamentos, palavras e atitudes.
Quando nos magoamos, sentimos auto-piedade e culpamos as outras pessoas pela nossa angústia e sofrimento, desejando inconscientemente sermos notados. As conseqüências de atitudes como essas podem ser a ansiedade e a carência. O hábito de “beliscar” comida o dia todo pode ser uma forma de aplacar o sentimento de ansiedade.
Toda vez que uma pessoa estiver engordando, ou tendo dificuldades para emagrecer, ela deve repensar em tudo o que tem vivenciado, se houve algum acontecimento marcante, ou se há um grande acúmulo de mágoas. Problemas na tireóide podem significar o quanto a pessoa não se sente no direito de ser feliz. É como se o nosso corpo estivesse falando: ” Todos podem ser felizes, menos eu.”
Outras pessoas podem desenvolver uma camada de gordura como forma de proteção do mundo ameaçador e aplacar a carência gerada pela falta de contato com o outro. A pessoa carente pode usar além da comida, o cigarro, a bebida, as drogas e os remédios como válvula de escape.
Então, comece a exercer uma auto-análise (se necessário, procure o auxilio profissional) e comece a devolver os problemas que os outros colocam no seu colo, as provocações e os insultos. Desapegue-se de tudo aquilo que não te pertence, e só faz mal para você. E principalmente, liberte-se dos fantasmas do passado para que você possa vivenciar um futuro de paz, felicidade e literalmente, leveza.