A letra revela a forma como você se relaciona

A LETRA REVELA A FORMA COMO VOCÊ SE RELACIONA

A letra e a forma como ela é expressa no papel revelam a nossa personalidade. Pelo fato da forma como nos relacionamos estar ligada a nossa personalidade, é que podemos através da análise da nossa letra, descobrir como expressamos a nossa afetividade.
A grafologia é muito utilizada nos setores de Recursos Humanos nas empresas, para a admissão de pessoal, mas poucas pessoas sabem que a técnica também pode ser utilizada como forma de autoconhecimento, auto-análise e desenvolvimento pessoal.
Além dos sinais gerais da escrita, como formato, tamanho e tipo da letra, direção da linha e inclinação das palavras, o temperamento da pessoa também é refletido na escrita, e em se tratando de relacionamento, ele é o item a ser avaliado e observado com maior cautela na análise grafológica.
O termo “temperamento” deriva do latim “temperamentum” e pode ser definido como o estado dinâmico de um individuo com relação a sua constituição. Ou seja, é a expressão das características da personalidade do individuo. Os tipos de temperamento são divididos e classificados nos 4 tipos abaixo:
– Sanguíneo: São pessoas cuja letra é caligráfica (letra “de mão”), grande, arredondada e cheia de enfeites. Revela pessoas joviais, sedutoras, que adoram ser objeto de admiração do outro. São altamente sexuais e sedutoras. Na maioria dos casos são ótimas companhias, porque são alegres, extrovertidas e detestam a rotina. São muito intensos em seus sentimentos e com a mesma força que se entregam em uma relação, saem dela. Fazem tudo para agradar e defender a pessoa que amam. Tendem ao ciúme excessivo.

letra1

– Bilioso: A sua letra geralmente é de forma, reta e com pontos, traços e barras colocados precisamente. Quando cursiva, é marcada por ângulos. Geralmente a palavra não é alta, larga, ou cheia de floreios. Esse tipo de escrita representa as pessoas que têm dificuldade para expor os seus sentimentos e conduzem os relacionamentos com mais razão do que emoção. São muito inteligentes e firmes, podendo ser a pessoa responsável pelas decisões do casal.

letra2

– Linfático: Apresenta uma escrita lenta e com letras bem arredondadas. Em uma palavra, as letras tendem a ter a mesma altura. Não apresenta ângulos e nem floreios na escrita. A sua linha é reta e os pontos e as barras são cautelosamente colocados. São pessoas extremamente afetuosas e amorosas, que se esforçam para atender todos os desejos do parceiro. Normalmente inseguras essas pessoas têm medo da critica, da reprovação e da rejeição. Têm dificuldade para tomar decisões, por isso, podem demorar para iniciar ou terminar um relacionamento. Também evitam brigas, mas dependo do perfil do parceiro podem ocorrer brigas devido ao seu apego em métodos, tradições e normas.

letra3

– Nervoso: Letra rápida, “sacudida” e muitas vezes quase ilegível. Tem ângulos, pontas e rupturas entre as letras no meio das palavras. Muitas vezes podem faltar pontos. Muitas vezes pode ultrapassar as margens do papel. Esse tipo de escrita revela pessoas extremamente agitadas e ansiosas, que não têm paciência de esperar o futuro, e por isso, acabam agindo impulsivamente. No relacionamento tendem a ser agitadas, instável e às vezes até apresentar constantes mudanças de humor. São muito falantes e mudam de assunto a toda hora. Podem ocorrer brigas pela sua agitação e pouca paciência em esperar o tempo do outro. A rotina, o excesso de método e a falta de agitação e dinamismo no relacionamento podem tirar-lhe o prazer da relação.

letra4

Como já foi citado, além dos 4 tipos de temperamento há outros aspectos gráficos que nos dizem a respeito do relacionamento, que são o tamanho da letra, os cortes da letra T e a letra G entre outros.
Com relação ao tamanho, pessoas com a letra muito pequena tendem a ser tímidas e ter falta de espontaneidade no relacionamento. Quem ao cortar a letra T não atravessa a haste da letra, geralmente é insegura quanto aos seus desejos e suas decisões. A letra G, é que mais nos fala dos relacionamentos, pois ela refere-se à nossa sexualidade. Pessoas com a “barriga” do G muito grande têm muitos desejos e fantasias sexuais e atraem atenção e o desejo do parceiro. Já pessoas que não arredondam essa parte da letra, podem não estar vivenciando a sexualidade da forma como gostariam.
Através da análise grafológica, podemos então compreender melhor nós mesmos e nossos parceiros e descobrir quais incompatibilidades na personalidade são responsáveis pelas brigas, desentendimentos ou falta de ação no relacionamento, ou então o que os une de forma tão intensa e duradoura.

Milena Lhano – Terapeuta Floral, Grafóloga e Iridóloga.
Contato: lhano@uol.com.br